AFRICA: NÚMERO DE CRIANÇAS EXPLORADAS NO TRABALHO EM ALTA

26.03.2024

Cresce em África o número de crianças exploradas e abusadas sexualmente no trabalho

Por: Armando Chicoca

A denúncia vem da secretária executiva em exercício da SADC para a integração regional, durante a reunião dos ministros do Emprego, Trabalho e Parceiros Sociais da Região Austral.

Em Angola os chineses são os que mais exploram a força de trabalho infantil, e por vezes fazendo cárcere as respectivas crianças.

Os camponeses e agricultores ocupam o segundo lugar nos campos agrícolas, onde as meninas também sofrem abusos sexuais e são estupradas mesmo sendo menores.

Apesar das várias denúncias sobre o abuso sexual onde menores são algumas delas engravidadas, e outras estupradas e contaminadas com doenças sexualmente transmissíveis, e os rapazes trabalhando como escravos para obter trinta mil kwanzas no fim do terceiro mês, que corresponde com o período da venda dos produtos (semeia, rega, fertiliza e vende para ganhar dinheiro), as autoridades angolanas continuam impávidas e serenas sem poderem agir a favor dos petizes.

Nos vários fóruns que têm decorrido no país sobre a proteção das crianças, o problema é conhecido mas não agem e apenas batem palmas.

Angola precisa de sair desta utópica, e passar a fiscalizar as ações do governo preconizadas pelo estado angolano.

Somos um país que ainda confunde-se Estado pelo governo, MPLA-partido no poder pelo governo e a militância é valorizada no lugar de cidadania.

Precisamos crescer na maturidade e na consciência humana.

Alguns dos nossos comportamentos não diferem muito dos primatas, se não queremos imacular sensibilidades.

Nós africanos estamos longe de proteger a vida e o crescimento saudável dos nossos filhos, mas é possível fazê-lo com actos e acções práticadas no nosso dia-a-dia.

Não interessa quem governa hoje ou amanhã, o que os angolanos querem é que haja políticas práticas e exequíveis, com realce para a proteção da criança no futuro do amanhã. Armando Chicoca.

Recentes

NFV FORA D` HORAS 11-04-2024

Noticiário NFV, edição de quinta-feira 11 de Abril de 2024 com os seguintes tópicos: 1 - Advogado David Mendes diz que não se pode combater fome olhando para importação; 2 - Governador do Namibe considera haver ainda muitos casos de Malária na zona norte da província;...

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Share This