ANGOLA PODE AFUNDAR-SE COMO TITANIC, DIZ ANCIÃO DE 90 ANOS SIDÓNIO GABRIEL

04.04.2024

Sidónio Gabriel, militante do MPLA a 66 anos.

Muitos angolanos não gostam da verdade, mas sabem que o país, nossa querida Angola, caminha para um rumo estranho aos ideais dos percursores da nossa  luta pela independência nacional, reconciliação e bem estar do seu povo, por culpa do Presidente João Lourenço

Por: Armando Chicoca

As palavras são do ancião Sidónio Gabriel de 90 anos de idade, 66 dos quais militantes do MPLA e percursor da luta de libertação nacional com uma longa história de luta na clandestinidade, quando falava dos 22 anos de paz comemorados em Angola no dia 4 de Abril de 2024. “O Presidente João Lourenço é o culpado pela desgraça do país e o sofrimento dos angolanos”, disse:

em entrevista concedida a Voz da América e ao NFV, na cidade capital do Namibe, o  ancião fez lembrar que: “José Eduardo dos Santos trouxe a paz, mas João Lourenço na continuidade falhou, não deu sequência o projeto do país na reconciliação e no bem estar dos angolanos, o presidente João Lourenço falhou a continuidade, não me interessa o que pensarem de mim. Eu sou pela verdade, eu sou pelo povo, e não posso aceitar o sofrimento que os angolanos passam sob o meu olhar silencioso, quando o pais tem potencialidades económicas para melhorar a vida dos angolanos”, disse Sidónio Gabriel, natural de Chicolangila, município da Bibala, Província do Namibe e residente no bairro 4 de Fevereiro junto ao colégio das madres.

“Muitos não gostam que se diga, mas para quem entregou a sua juventude a causa do povo, vendo este povo a sofrer por causa do desvio das linhas programáticas do MPLA dói-me no coração”, realçou o ancião e percursor da luta armada da libertação nacional.

Jornalista Armando Chicoca, Sidónio Gabriel, Domingos Marques

” Lutamos contra a fome, pobreza, maus-tratos e outras formas de subjugação colonial, mas hoje a prostituição aumentou em todas as ruas das cidades de Angola, por causa da fome levando a desgraça das famílias. Repito, há fome por todos os cantos do país, há desgraça social em todas províncias, municípios, comunas e aldeias. Quem é o culpado? sejam honestos! Digam o nome do culpado de tudo isso? Para mim Sidónio Gabriel, o Presidente da República João Manuel Gonçalves Lourenço é o culpado desta desgraça, porque ele é que é o chefe do executivo e dirigente do meu partido “MPLA” que governa Angola e não há outra pessoa culpada pela nossa desgraça”, disse.

Reforçou dizendo: “Eu só falo o que sinto porque lutei neste país para o bem estar do povo, e noto que desde que o Presidente José Eduardo dos Santos trouxe a paz e entregou o poder nas mãos do mais novo João Lourenço a vida dos Angolanos regrediu, degradou-se, tudo está a piorar. É nosso dever alertar que o país está perder o rumo, o barco esta perder a direção, assim não! camarada presidente.

O ancião pergunta: “Se há fome numa casa quem é o culpado? O culpado não é o chefe de família? Eu não estou aqui para falar mal ou bem do Presidente da República. Estou falar a verdade, estou contra a forma como o barco está a navegar, a direita, esquerda ou a frente, o nosso barco (Angola) não tem o rumo certo e se não chamarmos a atenção, se todos nos conformarmos caladinhos, o barco⛵ vai afundar-se como aconteceu com o Titanic”, esclareceu.

No próximo dia 14 de Maio, o ancião Sidónio Gabriel vai completar 91 anos de idade, mas continua lúcido e ciente do que diz e fez saber que tem acompanhado todos os noticiários nacionais e internacionais que lhe convém e por esta razão considera-se homem informado e atualizado.

Em 2023, disse Sidónio Gabriel, “no dia (14 de Maio) data em que  completei 90 anos, fui surpreendido em minha casa com a visita de Archer Mangueira, Secretário do meu partido e governador do Namibe, acompanhado pela esposa. Encontrou-me adoentado e manifestou-se levar-me a clínica. Fico agradecido pelo gesto, mas a nível Nacional só reconhecem os percursores residentes em Luanda. “Aonde anda a paz dos corações, onde os angolanos poderiam dizer que valeu a pena termos nascido nesta pátria.

” Archer Mangueira é o único dirigente do MPLA no Namibe com expressão de amor com aqueles que no passado fizeram algum coisa a favor do povo. Os outros que passaram por aqui só Deus sabe”, reagiu

.”No próximo dia 25 de Julho vou completar 66 anos ao serviço do MPLA, mas nunca me beneficiei de nada, as paredes da  sala  da minha casa como vedes está cheia de diplomas, certificados, menções honrosas mas ando a pé desde 1975 e nunca alguém olhou para mim. O bairro Torre do Tombo depois da Independência passou a chamar-se por Comandante Valódia por minha iniciativa”, descreveu.

Trabalhei com o camarada Lúcio Lara, António Jacinto, Carlos Dilolwa, Paulo Teixeira Jorge e tantos outros dirigentes do partido, que nos chamem de comunistas, eu defendo o povo. Se no Namibe há um único cidadão que se identifica com os partidos da oposição. Aqui no Namibe não vais encontrar ninguém das comunidades que se identifica com os partidos na oposição, todos são do MPLA, foi graças o trabalho que fizemos com o camarada Lúcio Lara, Paulo Teixeira Jorge. Mostrem-me um único, perguntem mucubal que não é do MPLA?

Agora vos pergunto como é que estas comunidades vivem e convivem? Se um tiver um pão, eles comem todos bocado-bocado. É um exemplo de paz, é assim que se devia fazer, distribuir o bem pelas aldeias e todos comem cada um, um bocado.

“criamos escolas provisorias, Agostinho Neto por várias vezes mandou Lúcio Lara ao Namibe e cumprimos com as orientações, hoje temos vários angolanos das comunidades mucubais formados mas ainda assim sofrem discriminação. Afinal que paz temos, dos corações ou da mentira? questionou.

“Tenham paciência, a vida dos angolanos está mal, é triste porque desde ontem há muita gente que nunca comeram nada e ninguém olha para eles. O nosso Presidente João Lourenço envaideceu-se muito quando lhe disseram campeão! Campeão na politica mas na governação devia ser mais cauteloso. É triste! Somos nós que votamos e sentimos que estamos a ser prejudicados, e o prejuízo afeta também o próprio partido MPLA no compromisso de bem fazer que devia fazer e não esta fazer”, frisou.

Presidente da República, incentivando o desporto de ciclismo

Judas traiu Jesus e no caso de Angola repito: “O Presidente João Lourenço  é o culpado pelo que esta acontecer em Angola. “Nunca João Lourenço andou de bicicleta como de avião” Sei que muitos não gostam da minha maneira de ser, mas eu sou mesmo assim. O Presidente João Lourenço é culpado pela nossa desgraça, estas são as minhas palavras que vêem do coração e eu assumo as possíveis consequências”, concluiu reafirmando que calou-se as armas, mas a paz continua longe nos corações dos angolanos reconciliados.AC ..

(Presidente João Loourenço é culpado, pela degradação social dos angolanos), ancião Sidónio Gabriel.

https://fb.watch/reym2K_NVX/

https://fb.watch/reyn_U9qnL/

Recentes

NFV FORA D` HORAS 17-05-2024

Noticiário NFV, edição sexta-feira, 17 de Maio de 2024, com os seguintes tópicos: 1 - Lançado no Namibe prêmio fórum do jornalismo; 2 - Jovens reagem com ressentimento, o cancelamento do curso superior de saúde; 3 - Elevado custo de material de construção, adia sonho...

JOÃO LOURENÇO FAZ HISTÓRIA NO NAMIBE

A deslocação do presidente da República João Lourenço ao IONA, no município do Tômbwa, inaugurar infraestruturas construídas de raiz pela empresa sul africana, African Parque, gestora do parque nacional local, concomitantemente em contacto com os autóctones mucubais,...

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Share This