MARIA QUIOSA ESTANCA PROGRESSÃO DE RAVINAS EM CABINDA

02.04.2024

A governadora de Cabinda decidiu dar um basta a progressão impiedosa de ravinas, que ameaça engolir o bairro Simundele.

Por: Simbukupo Silivondela

Mara Baptista Quiosa, Governadora Provincial de Cabinda

A empreitada de estancamento da ravina que ameaça engolir o bairro Simundele, destruindo a estrada Nacional 201, e a parte frontal do Nosso Super, está a ser intervencionada com arranjos do passeio e valeta, depois de terminado o aterro e o desvio das águas fluviais.

Fábio Romenga, Director da empresa Tecnovia-Angola

O projecto prevê a conclusão das obras dentro de 21 dias, segundo garantiu o director da empresa Tecnovia-Angola, Fábio Romenga, terça-feira 26 de Março de 2024, a margem da visita de campo da governadora provincial de Cabinda, Mara Quiosa, pelas consequências de fortes chuvas em Cabinda.

Mara Quisa inteirou-se igualmente das obras da ravina no bairro Simulambuco, estrada 100, aonde já se faz a contenção, tal como a intervenção na ravina que na zona do Chinga afectou a rede adutora de 1000 mm, já reparada e que permitiu a retomada do abastecimento de água a partir da ETA de Sassa-Zau.

Mara Baptista Quiosa, Governadora Provincial de Cabinda

A governadora terminou com a visita ás obras do futuro Instituto Superior Politécnico Evangélico de Cabinda, da Igreja Evangélica de Angola (IEA), a ser erguido na zona do Caio e cujos trabalhos decorrem no bom rítmo.

Em jeito de balanço, a governadora Mara Quiosa, mostrou-se satisfeita com a capacidade de resposta que está a ser dada ás stuações emergenciais, provocadas pelas chuvas bem como os trabalhos realizados.

Mara Quiosa pediu a população compreensão, pois no seu entender, o Governo não tem poupado esforços para dar resposta ás principais inquietações das comunidades.

Recentes

NFV FORA D` HORAS 11-04-2024

Noticiário NFV, edição de quinta-feira 11 de Abril de 2024 com os seguintes tópicos: 1 - Advogado David Mendes diz que não se pode combater fome olhando para importação; 2 - Governador do Namibe considera haver ainda muitos casos de Malária na zona norte da província;...

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Share This