NFV FORA D` HORAS 15-05-2024

15.05.2024

Noticiário NFV, edição quarta-feira, 15 de Maio de 2024, com os seguintes tópicos:

1 – Polícia detém supostos ladrões de painéis solares no aeroporto do Namibe;

2 – Instituto angolano da Juventude e Agência nacional de Resíduos, assinam no Namibe memorando de cooperação no domínio de gestão de resíduos sólidos;

3 – Igreja Adventista do Sétimo Dia no Namibe em congresso;

4 – Soba do Chiedi solicita mais acções de combate ao furto de gado;

5 – Indústria angolana com poucos sinais de afirmação.

 

Somos à rádio NFV, coordenação e supervisão de Armando Chicoca, edita Esmael Pena, produção de Domingos Marques, eu sou o Dino Manuel, com apoios do NED e da Open Society.

 

Ernesto Kalianguila, Porta-voz do comando provincial no Namibe

Dois presumíveis autores de furto de dezesseis painéis solares no aeroporto Welwitshia Mirabilis no Namibe, foram detidos pela polícia nacional. O porta-voz do comando provincial da corporação, Ernesto Kalianguila confirma o facto.

A Polícia detém supostos ladrões de painéis solares no aeroporto do Namibe.

 

José Mateus, diretor-geral adjunto do Instituto angolano da Juventude

O Instituto angolano da Juventude e a Agência nacional de Resíduos, assinaram no Namibe um memorando de cooperação no domínio da gestão de resíduos sólidos. O acordo foi rubricado à luz  do seminário de capacitação de líderes das associações juvenis do Namibe, em matéria de tratamento de resíduos sólidos urbanos, realizado recentemente em Moçâmedes.

O diretor-geral adjunto do Instituto angolano da Juventude, José Mateus, fala sobre as valências do acordo firmado.

Diretor-geral adjunto do Instituto angolano da Juventude José Mateus.

 

A família, educação financeira, o empreendedorismo, são dentre outros temas que serão refletidos por líderes e fiéis da igreja Adventista do Sétimo Dia, no Namibe, reunidos em congresso de reavivamento espiritual, desde hoje até sábado próximo, que decorre sob lema, ‘’escolhidos para missão’’, na cidade de Moçâmedes província do Namibe. O pastor da congregação, Zorobabel Adriano, fala dos objetivos do evento.

Zorobabel Adriano, pastor da igreja adventista

Líderes e fiéis da igreja Adventista do Sétimo Dia, no Namibe, reunidos em congresso de reavivamento espiritual, desde hoje até sábado próximo.

 

O soba grande da comuna do Chiedi, município de Namacunde, província do Cunene, Pedro Heyelekwa, solicitou nesta terça-feira 14 de Maio, o reforço das acções de policiamento nas localidades rurais, visando o combate ao roubo e furto de gado bovino.

Falando à ANGOP, à margem da reunião do Conselho Municipal de Auscultação da Comunidade, a autoridade do poder tradicional referiu que no presente ano, foram registados na circunscrição, 12 casos de roubo de gado, razão pela qual deve-se reforçar o efectivo da polícia na zona.

Explicou que normalmente os infractores subtraem três a dez cabeças de gado, empobrecendo os criadores que têm o animal como um património económico, social e cultural nesta região sul do país.

“A disponibilidade de mais forças na zona, permitirá dar respostas rápidas às denúncias de roubo e facilitar as acções combinadas entre a polícia, autoridades tradicionais e população”, disse.

Fez saber que o Chiedi é conhecido pelo seu potencial na criação de gado bovino, por isso, tem frequentemente sido assolado por estas práticas de roubo, por indivíduos desconhecidos.

 

A consultora internacional diz que indústria está abaixo de zero, mas há quem discorde. Edson Fela

Edifício da consultora KPMG

A consultora KPMG considera que a indústria de Angola está abaixo de zero, embora reconheça um ligeiro crescimento, mas a um nível muito abaixo da média que se verifica na região austral do continente africano.

Especialistas angolanos mostram-se divididos, uns dizem que a conclusão é um exagero, enquanto outros afirmam não se surpreender.

A consultora baseia a sua constatação em vários eixos que considera serem os principais elementos que emperram o alavancar do sector industrial em Angola, nomeadamente as infraestruturas, os recursos naturais, as políticas públicas de estabilidade económica, política e social.

O engenheiro Galvão Branco, que liderou durante anos um segmento industrial de Angola, diz ser “claramente uma afirmação exagerada” e que “é pena vir de uma conceituada consultora como a KPMG”.

Branco reconhece ser “óbvio que a indústria tem níveis” e que os níveis atingidos “ainda não são os desejáveis, mas nunca próximo de zero, é de facto infeliz tal afirmação”.

O presidente da Associação Industrial Angolana, José Severino, refere que a afirmação da KPMG só pode ser interpretada como sendo motivar e impulsionar.

Peça do Edson Fela, jornalista do NFV

E Com esta notícia colocamos ponto final no jornal NFV edição de quinta-feira 9 DE Maio de 2024. Recebam o forte abraço à distância do Dino Manuel.

Recentes

NFV FORA D` HORAS 14-06-2024

Noticiário NFV, edição de sexta-feira dia 14 de Junho de 2024 com os seguintes tópicos: 1 - Namibe: Comunidade albinista clama por fim de discriminação e esclusão social; 2 - Empresários namibianos do ramo de turismo querem investir no Namibe; 3 - Refugiados da RDC...

pergunta, sugere, denuncia, contribui

Jornalismo com tempo e profundidade faz-se com a tua participação e apoio.

Share This